18 de julho de 2010

Meu Refugio




a viagem do teu corpo no meu corpo
a tua boca na voz insinuante do teu beijo
a tua calma no rebuliço da minha alma
o enlace dos teus braços no meu abraço
teu sentir no meu gosto
da tua fala rolando na língua
aquecendo recantos de mim
teu toque latejante em minhas entranhas
teu cheiro em ondas no movimento do meu ter
a ti inteiro tatuado em meu ser
o encanto do dia morrendo
a noite se estrelando
outro dia afoito nascendo
e eu indo, indo, indo
cada vez mais longe de ti
deixando pelos caminhos
os rastros da saudade
de te pertencer

© Clivânia Teixeira
18.07.10

Evanescence - My Immortal - Legendas Português BR